Você sabia que a pesquisa “A hora certa de ativar o shopper”, realizada anualmente pela Nielsen, demonstrou que cerca de 70% das decisões são tomadas em frente as gôndolas e 50% destas são feitas por hábito?

Isso se dá ao design proposto para as embalagens, onde as cores possuem um grande peso nesse pacote.

Além disso, um infográfico produzido pela QuickSprout mostrou que 85% dos consumidores consideram a cor um dos principais fatores no momento da escolha do produto e 80% reconhecem a marca facilmente através da cor.

Com a extensa quantidade de marcas brigando por um espaço no PDV e na visão dos consumidores, a cor escolhida para compor sua embalagem se torna um fator muito importante. Ela possui o poder de chamar atenção, despertar interesse, ressaltar a qualidade, ultrapassar a concorrência e fazer com que a compra seja realizada. Tudo isso no curto período que o consumidor pousa os olhos em cima das embalagens

As cores e seus significados

Além de deixar uma embalagem mais atrativa visualmente, as cores ativam efeitos psicológicos e fisiológicos de reação à cor, desencadeando emoções, sensações e até desejos. As qualidades básicas que uma cor oferece para embalagens são: visibilidade, impacto e atração.

Cores mais utilizadas em setores alimentícios

É comum encontrar setores onde os produtos de todas as marcas possuem uma cor “padrão”. Isso acontece para criar uma linha de lembrança em relação a cada produto ou por ser uma norma.

Normalmente cores suaves são dominadas por cores fortes, tornando mais visível cada detalhe presente na embalagem.

Mas lembre-se: No momento de definir a cor da embalagem, também devem ser levantados questões como a harmonia do produto em meio a um display e o seu poder de atração no PDV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *